Atraindo boas companhias

 

Nossas companhias, na maioria dos casos, influenciam nosso pensamento e comportamento. Muitas vezes denunciam quem somos, como no velho ditado: “Diga-me com quem andas que lhe direi quem és!”. Apesar de não podermos levar este ditado ao “pé da letra”, o seu conteúdo nos traz importante ensinamento, que pode ser aproveitado tanto para os nossos relacionamentos do plano físico quanto os do plano espiritual.

No plano físico, determinamos as nossas companhias por afinidade de pensamento, vestir, modo de agir e várias outras afinidades, e assim, elegemos o nosso círculo de relacionamento; portanto, muitas vezes, as pessoas com quem nos relacionamos são aquelas que costumam dividir conosco as mesmas preferências. Apesar de, obviamente, não denunciar, necessariamente, quem somos, demonstra o ambiente em que estamos inseridos.

No plano espiritual não é diferente, todas as formas de atração listadas acima servem para este plano, porém, a situação é ainda um tanto mais delicada, pois ocorre num nível muito mais sutil, o nível do pensamento. As vibrações que emanamos pelos nossos pensamentos são facilmente captados por espíritos que estão vibrando em nossa mesma frequência e a partir de então, estaremos acompanhados por quem não podemos ver e não escolhemos de forma consciente. Estes espíritos, se são bons, nos ajudam em nossa caminhada e podemos sentir sua influência de forma intuitiva, nos ajudando em nossas decisões do dia-a-dia e todo o resto. Porém, se são ruins, influenciam da mesma forma, só que negativamente, muitas vezes, querem apenas ver a queda do seu assediado, outras vezes estão em busca de satisfazerem seus próprios desejos inferiores, sejam eles quais forem, vingança, ódio, inveja, tóxicos, sexuais, nos influenciando de tal modo que façamos aquilo que lhes convém.

Desta forma, precisamos atrair para perto de nós, companhias que serão boas, acrescentadoras, e afastar de nós as que não são, em todas as dimensões. Mas como podemos fazer isso? Da mesma forma que limpamos nosso corpo da sujeira, limpe seus pensamentos de toda a sujeira que te arrasta para o mal e a melhor maneira de começar é praticando o bem. Aproveite cada momento de ser útil, fazendo o bem, por mais simples que seja. Quando o pensamento ruim lhe aparecer, reconheça-o como o mal que precisa ser afastado e então comece a pensar em coisas boas, construtivas. Se este pensamento for referente à determinada pessoa que lhe fez mal ou que lhe deseja mal, pense nele com carinho, imagine-o bem, ele é um irmão que precisa de amadurecimento. Se estiver difícil de conter os pensamentos, substitua o pensar pelo cantar (por exemplo), de alguma música ou melodia que gosta e que lhe acalma. O pensamento pode te conduzir à derrota ou à vitória, depende exclusivamente do direcionamento que você dá.

Procure ficar mais tempo em contato com a natureza. A energia gerada pela natureza é forte catalisadora de limpeza energética, refrescando o seu pensamento e promovendo boas transformações pessoais. Mantenha o pensamento positivo e otimista. Evite pessoas “pesadas”, com aquela carga negativa, pessimistas, que só reclamam. Estas são companhias que você não precisa. Lembre-se que semelhante atrai semelhante, tanto no plano físico quanto no espiritual. Estes são pequenos e eficazes passos para colocarmos em prática todos os dias.

Um pequeno exercício que você pode fazer diariamente e que irá te ajudar a mudar de frequência: Coloque uma música suave, tipo New Age ou clássica para tocar. Deite-se no sofá ou na cama e feche seus olhos. Visualize no centro da sua testa a imagem que mais se encaixa com a música que você está ouvindo (uma paisagem de montanhas/ o mar / uma floresta / a neve, etc) pense numa imagem em movimento e viaje com ela. Curta as mutações que surgirão nesta paisagem. Perceba, através da música e das imagens da sua mente, a grandeza da criação, e você trará para perto de si boas companhias, em todas as dimensões.

  • Consciência em Evolução – por Lindolfo Soares de Souza – em 26/05/2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: