Aprendendo a Orar

A oração faz parte da história do homem. Desde o início dos tempos, quando o homem selvagem percebeu que só poderia ter existido devido à vontade de um Ente Superior, começou a cultuar a este Ente Superior e também começou a direcionar a Ele os seus pedidos, necessidades, satisfações e realizações, tudo por meio de uma oração. Assim, a oração é a forma que encontramos para estabelecer um contato com este Ser Supremo, no qual chamamos de Deus.

É inegável que todo o tipo de graça e realização já foram atingidas por meio deste artifício, comprovando que uma oração bem feita, ou talvez, feita da forma correta, pode muito bem atingir o objetivo almejado. Se é o próprio Deus, ou Ala, ou Jesus, ou o Santo quem atende a estas orações já é uma outra questão. Mas também nos deparamos com aqueles que reclamam que Deus não ouve às suas orações, que quanto mais rezam mais aparecem assombrações, o que nos faz reforçar a ideia de que deve haver uma forma correta de orar, de estabelecer um contato de forma mais eficiente. Para chegar a uma resposta, devemos fazer uma reflexão sobre o nosso entendimento a respeito da oração.

A oração é a ponte que existe entre nós e os seres que habitam as esferas elevadas. Através dela transpassamos as barreiras das dimensões e dos limites físicos para alcançar o que inicialmente pensaríamos ser inalcançável. Através dela nos elevamos e nos tornamos aptos a estabelecer contato com seres também mais elevados. Mas o que nos leva a querer estabelecer este contato? Uma necessidade? Um agradecimento? Qual tipo de carga estamos levando para o outro lado?

Refletindo sobre estas perguntas, lembramos de quantas vezes iniciamos este contato repetindo orações prontas e de forma automática, sem sequer prestarmos atenção no que dizemos, sem sentimento, concentração ou quando nos dirigimos a Deus completamente despreparados emocionalmente, despejando sobre Ele nossos problemas e aflições como se o Seu ouvido fosse uma caçamba de entulhos. Não que Ele não se preocupe com nossos problemas, mas a verdade é que não precisamos falar dos nossos problemas. Orações feitas sem preparo psicológico, ou seja, sem primeiro ter-se estabelecido uma sintonia perdem força e não ultrapassam a órbita de quem ora. Quantas pessoas utilizam a oração somente no momento da necessidade?! Quantas pessoas utilizam da oração somente para reclamar e pedir?! Desta forma, para tentar melhor traçar um caminho para entendimento a este respeito, vamos tentar levantar alguns componentes essenciais para conseguirmos estabelecer um contato mais eficaz e fazer uma boa oração, para isso, vou pegar emprestado um conceito elaborado pelo médium Waldo Vieira no que diz respeito àquilo que ele, através da Conscienciologia, denominou como sendo o termo PENSENE, que é a abreviação das palavras PENsamento, SENtimento e Energia.

Tudo no universo é energia, do elemento mais sutil ao mais denso, tudo é energia. No âmbito indissociável da PENSENE, não há pensamento sem energia, energia sem sentimento e sentimento sem pensamento. Então, através dos nossos Pensamentos, Sentimentos e Energias nós entramos na vibração correspondente. Isso vale para tudo, então se tratando de oração, o que foi dito acima nos faz pensar que para orar é preciso primeiro entrar no clima, criar a vibração correspondente ao daqueles que trafegam no nível que desejamos atingir, pois se iniciamos uma oração aflitos devido aos nossos problemas, entraremos na vibração correspondente de quem está nesta mesma frequência. Desta forma, o primeiro passo é entrar no clima da oração, então, traçaremos um caminho para isto.

A oração pode ser feita a qualquer momento, seja em pé, sentado ou deitado, não importa, o que importa é conseguir atingir a vibração necessária, ou seja, elevar-se. Claro que o quanto mais calmo e limpo o ambiente, melhor. Para nos elevarmos devemos primeiro esquecer dos nossos problemas e procurar relaxar, precisamos limpar o nosso pensamento. Um pequeno exercício de respiração é muito eficiente para isso, basta respirar lenta e profundamente por pelo menos uns três minutos concentrando sua atenção na sua respiração. Se for possível, sugiro seguir a técnica de respiração Hatha Yoga que passo à seguir: respire lenta e profundamente enchendo primeiro o abdômen, depois as costelas e o peito e expirar no sentido contrário, primeiro peito, depois costelas e por ultimo o abdômen. Fazer isto pelo menos vinte vezes – parece muito mas com a prática se torna fácil e prazeroso, além de que precisamos estar dispostos a fazer algum esforço, senão continuaremos da mesma forma que antes. A inspiração nos conecta no mundo externo e a expiração nos ensina o desapego, o deixar sair, então durante a expiração procure liberar junto com o ar todos os seus problemas e aflições, limpando o pensamento e acalmando-se lentamente. Ao terminar este exercício você já estará em um nível de frequência muito diferente, mais leve e relaxado, pronto para elevar seus pensamentos, sentimentos e energias. Então, inicie a sua oração agradecendo por tudo em sua vida. Devemos aprender a agradecer também, estamos acostumados a sempre pedir, então vamos aprender a exercer a gratidão. Agradeça pela sua vida, pela sua saúde, pela sua família, pela oportunidade de crescimento que você está tendo nesta vida; agradeça pelo seu trabalho, pela sua casa, enfim, abra o coração e agradeça por tudo, temos muito a agradecer.

Agora que você já relaxou e já agradeceu, você pode pedir, porém, pedir pelos outros. Peça as bênçãos divinas para alguém que está precisando ou para alguma instituição, para os pacientes de um hospital, peça pelas pessoas que vivem nas ruas, pelas crianças carentes, pelas vitimas das tragédias, etc. Devemos pedir primeiro pelos outros, deixemos de ser egoístas pois os nossos problemas não são os maiores do mundo, tem muita gente sofrendo muito mais do que nós. Devemos pedir com sentimento sincero, lembre-se do pensamento que gera o sentimento e que automaticamente gera a energia correspondente, afinal fazemos parte do mesmo mundo e melhorando as condições do próximo refletirá automaticamente em nós. Da mesma forma que queremos o nosso bem, devemos desejar o bem do próximo e devemos contribuir para que isto aconteça, pois é dando que se recebe, faça pelos outros o que você gostaria que fizessem por ti, e, por último, peça para você. Agora você poderá pedir a ajuda visando o seu benefício, para superar os seus problemas, pedir sabedoria ou discernimento para superar o momento difícil, tomar a decisão certa, enfim, agora é a sua vez, mas lembre-se: “não é Deus nem os santos quem resolverão o seu problema mas sim, você mesmo!” Vivemos em um mundo de provas e expiações e nossos problemas e sofrimentos fazem parte da nossa jornada evolutiva. O momento atual da humanidade é este, o da superação das dificuldades, então, através da oração encontramos auxilio mas ninguém resolverá por nós. Somos transformadores da nossa realidade e através da oração que encontramos amparo e o auxilio necessários para nos conduzir a uma melhor reflexão, um novo caminho. No final, se você quiser, você poderá fazer aquela oração da qual tem costume, a oração que se pratica na sua religião, desde que seja feita de forma concentrada, elevando o pensamento em cada palavra na busca do sentimento e da energia.

A oração continuará sendo fundamental na vida do ser humano e é melhor que continuemos confiando nela, pois é uma grande aliada. Para aqueles cuja as orações não surtem efeito, procurem colocar em prática o conteúdo acima listado, pois sem dúvida ajudará em muito e com certeza contribuirá para o desaparecimento das eventuais assombrações.

  • Consciência em Evolução – por Lindolfo Soares de Souza – em 08/11/2017.

 

 

Um comentário em “Aprendendo a Orar

Adicione o seu

  1. Obrigado por este post Lindolfo!
    Fez-me lembrar de uma orientação do Divaldo Franco que certa vez vi em um vídeo: Ele falava que devemos agradecer todo o bem que nos é dado, mas tb devemos agradecer pelo mal que não nos aconteceu e ainda pelo mal que nos aconteceu, pois este foi necessário à nossa evolução.
    Hj mesmo iniciarei a por em prática a sua orientação. 🙏🏻

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: